Lemon Logo
 
Em todo o portal   
   
 
   Você está em: Lemon > Home > Negócios > Gerência de Projetos > Página de descrição de produto
 
Agilebuddy
5.0   Freeware em Inglês


Sobre o produto  
Tela de Agilebuddy
Download file
Add to my Lemon´s favorites
Comment this product

 Recomenda 100%  Não Recomenda 0%
  

Existem algumas ferramentas próprias para a metodologia. O Agilebuddy se destaca entre elas como uma das mais completas.

É disponível em três versões:

  • Open Source - Baseada em plataforma online e gratuita,
  • Team Edition - Versão baseada em plataforma online, paga e muito mais robusta,
  • Trial - Versão de testes baseada na Team Edition, gratuita e sem limite de tempo de uso, porém oferece recursos limitados, como por exemplo a impossibilidade de compartilhar arquivos e documentos, limite de 3 usuários e suporte a apenas um produto.

Todas as modalidades do serviço oferecem 100 GB de armazenagem para os projetos e suporte a sub-domínios, bem como todas as ferramentas necessárias para o SCRUM, com uma rica e bem projetada interface gráfica.

Sobre a metodologia

Antes de mais nada, entenda que Scrum é uma metodologia que está revolucionando a forma pela qual grandes empresas compreendem e executam seus projetos, e que junta conceitos de Lean, desenvolvimento iterativo e do estudo de Hirotaka Takeuchi e Ikujiro Nonaka.

Inicialmente, o Scrum foi concebido como um estilo de gerenciamento de projetos em empresas de fabricação de automóveis e produtos de consumo, por Takeuchi e Nonaka no artigo "The New New Product Development Game" (Harvard Business Review, Janeiro-Fevereiro 1986).

Eles notaram que projetos usando equipes pequenas e multidisciplinares (cross-functional) produziram os melhores resultados, e associaram estas equipes altamente eficazes à formação Scrum do Rugby (utilizada para reinício do jogo em certos casos). Jeff Sutherland, John Scumniotales, e Jeff McKenna conceberam, documentaram e implementaram o Scrum, como descrito abaixo, na empresa Easel Corporation em 1993, incorporando estilos de gerenciamento observados por Takeuchi e Nonaka. Em 1995, Ken Schwaber formalizou a definição de Scrum e ajudou a implantá-lo em desenvolvimento de software em todo o mundo.

A função primária do Scrum é ser utilizado para o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software. Ele tem sido usado com sucesso para isso, assim como Extreme Programming e outras metodologias de desenvolvimento. Porém, teoricamente pode ser aplicado em qualquer contexto no qual um grupo de pessoas necessitem trabalhar juntas para atingir um objetivo comum, como iniciar uma escola pequena, projetos de pesquisa científica, ou até mesmo o planejamento de um casamento.

Mesmo que o Scrum tenha sido idealizado para ser usado em gestão de projetos de desenvolvimento de software, ele também pode ser usado para gerenciar equipes de manutenção, ou como uma abordagem para gestão de programas: Scrum de Scrums.

Características de Scrum

  • Cada sprint é uma interação que segue o (ciclo PDCA) e entrega incremento de software pronto,
  • Um backlog é conjunto de requisitos, priorizado pelo Product Owner (cliente),
  • Há entrega de conjunto fixo de itens do backlog em série de iterações curtas ou sprints,
  • Breve reunião diária, ou scrum, em que cada participante fala sobre o progresso conseguido, o trabalho a ser realizado e/ou o que o impede de seguir avançando (também chamado de Standup Meeting ou Daily Meeting, já que os membros do time geralmente ficam em pé),
  • Breve sessão de planejamento, na qual os itens do backlog para uma sprint (iteração) são definidos,
  • Retrospectiva, na qual todos os membros da equipe refletem sobre a sprint passada,
  • O Scrum é facilitado por um Scrum Master, que tem como função primária remover qualquer impedimento à habilidade de uma equipe de entregar o objetivo do sprint. O Scrum Master não é o líder da equipe (já que as equipes são auto-organizadas) mas atua como um firewall entre a equipe e qualquer influência desestabilizadora. Outra função extremamente importante de um Scrum Master é o de assegurar que a equipe esteja utilizando corretamente as práticas de Scrum, motivando-os e mantendo o foco na meta da Sprint,
  • Clientes se tornam parte da equipe de desenvolvimento (os clientes devem estar genuinamente interessados na saída),
  • Locais e horas de trabalho devem ser energizadas, no sentido de que "trabalhar horas extras" não necessariamente significa "produzir mais".

O uso de Scrum permite a criação de equipes auto-organizadas, encorajando a comunicação verbal entre todos os membros da equipe e entre todas as disciplinas que estão envolvidas no projeto.

Um princípio chave do Scrum é o reconhecimento de que desafios fundamentalmente empíricos não podem ser resolvidos com sucesso utilizando uma abordagem tradicional de "controle". Assim, o Scrum adota uma abordagem empírica, aceitando que o problema não pode ser totalmente entendido ou definido, focando na maximização da habilidade da equipe de responder de forma ágil aos desafios emergentes.

Um dos grandes defeitos do Scrum, porém, é a abordagem de "receita de bolo" do gerenciamento de projetos exemplificado no Project Management Body of Knowledge ou PRINCE2, que tem como objetivos atingir qualidade através da aplicação de uma série de processos prescritos.

Backlog de produto e backlog de sprint

Um backlog é uma lista de itens priorizados a serem desenvolvidos para um software. O backlog de produto é mantido pelo Proprietário do Produto e é uma lista de requisitos que tipicamente vêm do cliente.

O backlog de sprint é uma interpretação do backlog do produto e contém tarefas concretas que serão realizadas durante o próximo sprint para implementar alguns dos itens principais no backlog do produto.

O backlog de produto e de sprint são, então, duas coisas totalmente diferentes, o primeiro contendo requisitos de alto-nível e o segundo contendo informações sobre como a equipe irá implementar os requisitos.

Planejamento de sprint

Antes de todo sprint, o Proprietário do Produto, o Scrum Master e a Equipe decidem no que a equipe irá trabalhar durante o próximo sprint. O Proprietário do Produto mantém uma lista priorizada de itens de backlog, o backlog do produto, o que pode ser repriorizado durante o planejamento do sprint. A Equipe seleciona itens do topo do backlog do produto.

Eles selecionam somente o quanto de trabalho eles podem executar para terminar. A Equipe então planeja a arquitetura e o design de como o backlog do produto pode ser implementado. Os itens do backlog do produto são então destrinchados em tarefas que se tornam o backlog do sprint.

Scrum simplificado

Muitas organizações têm sido resistentes às metodologias introduzidas em baixos níveis da organização. Porém, a adaptabilidade do Scrum permite que ele seja introduzido de forma invisível ("stealth"), usando os três passos:

  • Agende uma demonstração do software com seu cliente em um mês a partir de agora,
  • Como equipe, tome um mês para deixar o software pronto para uma demo, com funcionalidades prontas, não simplesmente telas,
  • Na demonstração, obtenha feedback e use-o para guiar o seu próximo mês de trabalho de desenvolvimento.

Agendando discussões diárias

Um momento bom para as discussões diárias é depois do almoço. Durante a manhã pode ser complicado. Estas discussões de status não demoram e uma forma eficiente de fazer estas reuniões seria ficar em pé e em frente a um quadro negro.

Como as pessoas tendem a ficar cansadas depois do almoço, ter uma viva reunião em pé nessa hora permite que a equipe mantenha a sua energia alta. Como todos estiveram trabalhando durante a manhã, suas mentes estão focadas no trabalho e não em questões pessoais.

Scrum Solo

Scrum é baseado em pequenas equipes. Ele permite a comunicação entre os membros da equipe. Entretanto, há uma grande quantidade de softwares desenvolvidos por programadores solos. Um software sendo desenvolvido por um só programador pode ainda se beneficiar de alguns princípios do Scrum, como: um backlog de produto, um backlog de sprint, um sprint e uma retrospectiva de sprint. Scrum Solo é uma versão adaptada para uso de programadores solo.

Se sua empresa ainda não trabalha com esta metodologia, você pode estar perdendo espaço para a concorrência. Estude-a, utilize uma boa ferramenta de gestão para o método, e confira os resultados.


Ficha técnica

   Autor:
     Brightspark 3.0 Inc

   E-mail de contato:
     support@agilebuddy.com

   Nome do arquivo:
     ND

   Tamanho do arquivo:
     0 KB

   Funciona em:
      Online

   Disponível desde:
     11/05/2009
 
 
    Tags do produto:
 

 

 DOWNLOAD EXTERNO 
Por não possuirmos este arquivo ainda em nossos servidores, ou devido a empresa Brightspark 3.0 Inc não permitir a distribuição do programa Agilebuddy por sites terceiros, o download deste software deverá ser feito junto à página do fabricante, ou de um endereço por ele especificado.

Clique no link abaixo para ser levado ao endereço de download:



 
ATENÇÃO USUÁRIO

Para a sua maior segurança, antes de executar o arquivo, verifique-o com um software anti-vírus com a atualização mais recente, e crie um ponto de restauração de sistema. Nosso compromisso é o de oferecermos um conteúdo seleto para você, e procuramos manter nosso acervo sempre vistoriado. Contudo, não temos como assegurar a integridade e disponibilidade de downloads fora de nossos servidores.

Caso verifique alguma irregularidade com este software, entre em contato conosco.

 
Opiniões dos Usuários Ver Opiniões 
Adicionar Opinião 

Sim  Andrei recomenda e diz:
"É um bom serviço!"

 


     
     
 
INFOS
 Home | Cadastre-se | A empresa | Parcerias | Anuncie |
 
 
 Copyright © Lemon 1996-2019

Política de privacidade | Termos de uso